domingo, 31 de julho de 2016

AVALIANDO COISAS - DISTOPIA - KATE WILLIANS

Distopia
Kate Willians
2015
SINOPSE: Em uma sociedade governada por militantes, com um sistema incorruptível, as crianças são isoladas no regimento militar aos sete anos de idade e treinadas para serem soldados. Lá, eles aprendem da forma mais cruel a atirar e a matar, perdendo muito cedo a sua inocência. Depois da Grande Guerra, o mundo passou a ser dividido entre governantes e governados e cada um tem as suas dores, suas mágoas e limitações. E o que nos resta saber é: de qual lado você está? Porque no final das contas, não estamos vestidos para lutar... Assim como nunca estaremos vestidos para morrer...
OPINIÃO: Quando você lê dois livros do mesmo gênero pela primeira vez, inconscientemente os compara, porém seria errado da minha parte comparar dois ótimos livros. (tem resenha do livro da Camila Pelegrini aqui no blog). Mas vamos à obra de Kate Willians.
Resumiria assim: SIMPLESMENTE SENSACIONAL!!! “Por quê?”, vocês me perguntam.
A história é densa, tanto que já no início do livro, a autora coloca violência personificada na figura do sargento, porém ao invés de você querer fechar o livro, se instiga com situações leves ou, melhor dizendo, humanas – como, por exemplo, o primeiro beijo de um garoto – que quer finalizar o livro. Mas também há momentos críticos no livro, como a valorização da mulher que a personagem Laura tanto luta durante o enredo, fazendo o leitor pensar. Claro que também há os questionamentos dos personagens em relação à situação densa que vivem.
Falando sobre os personagens, eles têm uma pluralidade e importância extrema na narrativa, com destaque meu para os meninos do Regimento, pois nas conversas informal deles a autora evidencia a sua própria jovialidade. A narrativa é simples, de fácil entendimento e em muitos momentos tem sequência através dos diálogos, mas não deixa de ser descritiva, principalmente nas partes da ação. Vale ressaltar a forma inovadora que Kate usa para explicar a história, confesso que não conhecia o processo de interlúdio e ela usa isso brilhantemente na primeira parte do livro. Já na segunda parte, a autora finaliza a história de maneira incrível, deixando o leitor extremamente surpreso e bem emocionado. Também queria comentar o empenho que a mesma teve com a história, principalmente nas partes: de como Enzo ensina Laura a manejar um arco e flecha e da lição que o coronel ensina do livro de Sun Tzu - A ARTE DA GUERRA – são bem descritas e dá pra notar uma boa pesquisa.
Este livro mostra bem o que é um gênero distópico, mas a sensibilidade de Kate Willians ameniza isso.

NOTA: 10

terça-feira, 19 de julho de 2016

INDICANDO - CANAL FLORETIZAS

Olá pessoas que visualizam este singelo blog!
Tudo bem com vocês?

Fazia um bom tempo que não realizava está sessão, então, por isso, resolvi voltá-la indicando um canal que, sinceramente, sou muito fã. Explicando: não que não prefira outros canais, incluindo os de amigos. Também confesso que há muito tempo queria realizar esta postagem, mas como chegavam outros conteúdos e eventos a serem compartilhados, ficava adiando.
Bom, este dia chegou! Então chega de mistério né? hahaha O canal que tanto falo é o FLORETIZAS, da minha amiga Tabatha Cuzziol! Mesmo nome do blog que a mesma administra.
"Por que gosto tanto deste canal?!, você me questiona. Por que aliado a simplicidade que passa, Tabatha e Victor - namorado da mesma e grande colaborador do canal - prestam atenção em cada detalhe: da vinheta fofa que combina com a personalidade da mesma as edições que valorizam os conteúdos.
Falando nisso, Tabatha mostra muita propriedade quando faz as resenhas ou fala sobre algum assunto literário polêmico, que seu inscrito tem  a certeza que a mesma leu o livro ou simplesmente tem um grande embasamento de falar sobre o assunto. Tudo isso, valorizando o escritor que lhe envia a obra e a pessoa que assiste ao vídeo. Não posso deixar de mencionar e parabenizar o apoio que a mesma dá a literatura nacional nas indicações que ela faz. #euapoioaliteraturanacional
Entretanto, o canal não fala apenas de literatura, se você quer se divertir um pouco, tem as famosas TAGs, onde a moça adquire uma espontaneidade encantadora, chegando até rir em alguns vídeos. Não posso me esquecer dos que Tabatha ensina a fazer coisas do dia-a-dia, como por exemplo: construir uma simples casa para o seu carinhoso e sapeca gatinho Marvel - grande personagem de alguns de seus recentes vídeos.
Então deixo aqui embaixo um vídeo, onde Tabs - como eu a chamo - dá a opinião sobre OS LIVROS DE YOUTUBERS. Se você gostou do vídeo, dá uma ajuda pra ela. Dá um joinha maneiro e se inscreve no canal!

   

quinta-feira, 14 de julho de 2016

EVENTO - ESFERA LITERÁRIA

Olá pessoas que acompanham o Blog AS FACES DO GUERREIRO DA PAZ!
Tudo bem?

Como vocês são demais!!!! S2 Mais uma postagem que ultrapassa das 200 visualizações!!!! Daqui a pouco me deixam famoso, hein? hehehehehe Obrigado gente! ^^ Bom, vamos aos negócios, né? 
Hoje o que irei fazer? Bom, convidá-los mais uma vez... porém esse convite é para todos.
No comecinho de agosto, praticamente do dia 3 ao 7, a minha amiga Luanna Mello, escritora de SUSPIROS DO CORAÇÃO grande sucesso no Wattpad, estará realizando um evento literário no Facebook: o ESFERA DOS SONHOS! 
Este evento consiste em valorizar a literatura nacional dando destaque aos autores de Wattpad e os com publicação. "O que teremos neste evento?", você me pergunta. Além do tradicional bate-papo com os leitores, terá mesa da transparência literária, diversas brincadeiras, distribuição de brindes e sorteios entre leitores, roda de leitura, divulgações e uma novidade: entrevistas com transmissão ao vivo para convidados especiais. Tendo sempre a presença de blogueiros, booktubers ou vlogueiros e diversos escritores.
Então não perca tempo! Entra aqui:https://www.facebook.com/events/245931012460746/ e não deixa de confirmar sua presença! :)

sábado, 9 de julho de 2016

PEQUENA AJUDA - 1ª CAPÍTULO!!! (EXCLUSIVO)

Olá pessoas! 
Tudo bem com vocês?
Primeiramente, gostaria de pedir desculpas pela demora das postagens, mas isso foi por conta do problema de saúde que estou tendo e a viagem que fiz recentemente. Mas voltei, então vamos aos negócios, né? rs
Gostaria de agradecê-los, hoje, de uma forma diferente do que só dizer OBRIGADO. Este singelo blog AS FACES DO GUERREIRO DA PAZ tem recebido de vocês uma grande marca de visualizações! Venho recebendo de 100 a 300 aqui! Por isso, tinha que agradece-los!
"Mas como fará isso, Igor?", vocês me perguntam. Quem me acompanha no Facebook, sabe que tenho colocado algumas pequenas partes do meu novo livro lá! Então resolvi fazer isso aqui também, mas em agradecimento a vocês, colocar em primeira mão, o primeiro capítulo do PEQUENA AJUDA! Aplausos!!! (hahaha) Depois vocês me dizem o que acharam nos comentários, tá? E obrigado mais uma vez! :) 

Capítulo 1
Um Homem Fracassado

O barulho irritante do despertador do rádio relógio e a luz do sol que invadia aquele quarto fizeram um homem abrir os olhos com dificuldade. Ao abri-los, os coça para sentir se ainda estava vivo ou se tinha ido para o chamado “lugar melhor”. Percebendo que ainda estava na Terra, se levanta e, após desligar aquele som insuportável, dá uma espreguiçada.
Apenas de cueca e usando uma camiseta branca que tinha a seguinte estampa: ‘TE AMO, BASTIAN’ dentro de um grande coração, ele, passando pelo quarto escuro, vai meio sonolento até o banheiro.
Como era próximo ao cômodo anterior, liga uma das suas luzes e entra. Depois de fazer suas necessidades fisiológicas, fica diante do espelho. Lá vê um homem de aparentemente quarenta e cinco anos, com cabelo grande desgrenhado, barba por fazer e marcas roxas por debaixo de seus olhos. Ele, após lavar seu rosto sonolento e olhar seu reflexo, diz:
- Você é um fracassado.
Após escovar seus dentes, pega dois frascos dentro do armário de onde o espelho estava acoplado e, ao desligar uma das lâmpadas do pequeno cômodo, sai de lá.
Com os frascos na mão, vai até o pequeno balcão de bebidas que ficava próximo a uma das janelas grandes da ensolarada sala. De lá, retira um copo grande e uma garrafa de conhaque. Depois de encher o copo e tirar alguns comprimidos de Citalopram e Alprazolam, os toma junto com a bebida.
Em seguida, deixa os frascos, a garrafa e o copo em cima do balcão e vai até o quarto. Veste uma calça moletom verde que estava jogada no chão e para não sentir frio, joga um roupão branco, porém quase cinza pela sujeira que estava sobre o espaldar de uma cadeira, por cima das costas.
Estando vestido e “agasalhado”, volta para a sala. Pega o copo e a garrafa e os coloca em cima de uma mesinha próximo a uma poltrona de couro vermelho. Antes de sentar caminha até Toca-CD e se prepara para apertar o play, pois o CD já estava no aparelho. Porém, quando ia aproximando o dedo do botão, um barulho interrompe: gritos, vindo lá de fora.
Incomodado, vai até a porta branca de madeira e, após destrancá-la, abre-a. Ao fazer isso, nota uma moça que aparentava vinte e seis anos e uma menina, com o rosto todo vermelho de tanto chorar. Ao vê-los, ele deduziu que fossem mãe e filha.
Logo que abriu a porta, elas pararam de discutir. A mãe, que aparentava ser latina, disse com um forte portunhol:
- Desculpa senhor! É que minha chica não quer ficar sozinha e tengo que trabajar!
Ele, por estar incomodado com o barulho, olha para elas com uma expressão séria. Mesmo assim, entende o argumento da moça, dizendo:
- Tudo bem. Só não façam tanto barulho, tá?
A moça, parecendo uma oriental, se prostrou repetidas vezes diante dele e em seguida, ordenou a sua filha:
- Vamos Sofia!
Antes de obedece-la, a menina olha para ele junto a sorriso encantador. Aquela demonstração de simpatia causa um medo no homem que, sentindo-se um bicho assustado, fecha a porta sem se despedir de ninguém. Para se acalmar finalmente aperta o play do Toca-CD e um jazz deprimente é ecoado naquele cômodo.