domingo, 28 de fevereiro de 2016

HOMENAGEM - MÉRCIA GAMA

Tempos atrás, aqui mesmo neste blog, tentei homenagear uma querida amiga, mas devido a um equívoco deste que vos escreve, as honras ficaram simples. A amiga em questão se chama Mércia Gama: que além de escritora, artista plástica, é uma das professoras que mais luta pela classe e pela cultura taubateana, por isso merece todas as homenagens. A conheci em Resende-RJ, num evento literário que participamos lá. Desde que a conheci me encantei com o jeito simples e festeiro dela, pois onde ela está anima a todos. Por isso, conheçam um pouco dela neste texto que a mesma me passou:

A CHAVE MESTRA

Neste mês de outubro existe uma série de eventos comemorativos que envolvem a nossa cidade, a região e o Brasil.
Na nossa cidade Taubaté, no inicio do mês, dia quatro, festeja-se o padroeiro, São Francisco de Assis, de origem italiana, homem de humildade impar, vida simples voltada à caridade. O Santo protetor dos animais, do meio ambiente, sempre atento a tudo que se refere à natureza, sensibilidade única quando entoou o cântico as criaturas. (1224),
Na região na cidade de Aparecida do Norte, dia doze, festa da Padroeira do Brasil Nossa Senhora Aparecida, que envolve toda a comunidade católica brasileira que vem para cá participar dos eventos programados.
Nesta data também se festeja o dia das crianças em todo o Brasil, um olhar especial à infância e enfatiza nossa responsabilidade para com elas em todos os sentidos.
Os sentidos que envolvem a infância só tomam sentido com a Educação e esta vem do berço, diz nossos avós, se percebe que uma criança é educada em família quando ela tem em si os Valores reais que a permite ser uma pessoa do bem e para o bem.
A Educação vem do berço, como já foi dito, e ela se completa na Escola na pessoa do Mestre, do Professor e a criança, o jovem acumulará aos valores recebidos em família o conhecimento que proporcionará a razão de ser, pois antes é preciso ser para depois ter, uma verdade esquecida por muitos pais, muita gente que ambiciona o material, o ter, esquecendo–se do principal o ser.
A Educação é a chave mestra de um país, pois ela permite abrir todas as portas. É na pessoa do Professor, desde os primeiros passos na educação Infantil até os cursos universitários, Mestrados e Doutorados, que ela acontece e dia quinze é dia dedicado a Educação em homenagem ao Professor.
Ser Professor hoje é na certeza a escolha da alma, é saber realmente da grandeza da profissão, não como profissão em si, mas como educador, pois educar significa acolher, cuidar e transformar.  Você professor é, e será sempre a peça fundamental em todo universo que envolve a Educação, pois sem você ela não existe. Seria como uma aquarela sem suas cores.
A tecnologia pode evoluir, avançar, ir além do imaginário, mas se não existir a figura humana, sábia, solidária e de grande amor pela vida, o professor, a sociedade não sobreviverá, está acima de todas as profissões sem se valer do poder e da prepotência e sim ser importante nos corações das crianças, jovens e adultos. Escolher o caminho da Educação é um desafio com a própria vida, comprometimento com o tempo, porque sabes que ainda vale a pena e ela vivenciada é grandiosa e só ela é capaz de transformar a vida para melhor e determinar o acontecer. Professor saiba que se traçar este perfil você nunca será esquecido, como também se deixar de traçar também não será esquecido e por certo o aluno não terá nenhum prazer de encontrá-lo. Reflita!
Professor lembre-se você é especial aos olhos de Deus e Ele conta com você e por mais difícil que possa ser sua caminhada confie Ele está sempre com você! Sempre!  Parabéns pelo dia do Professor!
A EDUCAÇÃO É A CHAVE MESTRA DE UM PAÍS!


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

TENTANDO SER VENTRÍLOQUO!

Lembro-me que na Faculdade de Letras, minha professora de Literatura Brasileira passou um exercício para realizarmos alguma coisa artística num dia de aula. Para ajudar, ela trouxe alguns apetrechos. Desses escolhi um bonequinho de um macaco (desculpe não ter a foto para mostrá-lo, é que faz muito tempo e não deu pra tirar a foto) que era controlado, depois que você coloca a mão numa abertura atrás dele. Apesar de tímido na época, escolhi fazer uma apresentação de ventríloquo, escrevendo assim o seguinte texto:

O MACAQUINHO E A MENINA DO PICHE

Eu falo:
- Olá, pessoal! Boa noite!
Hoje apresentarei a vocês, um amigo. O melhor contador de histórias da floresta: TEODORO, o macaco!
Mostro o boneco,
- Boa noite. Como meu amigo disse, vou contar para vocês a história do meu primo Tunico. Um macaco danado!
- Por que ele era danado, Tunico? 
- Por que roubava bananas da plantação de seu Baltazar. O fazendeiro que morava perto da floresta. Ele sempre roubava no segundo dia, no período de amadurecimento das bananas. Sempre que isso acontecia, estava ele lá!
- Que danado! - eu digo, rindo.
- Mas isso não para por aí! Tunico, além de roubar no segundo dia, roubava no terceiro, no quarto... e Seu Baltazar já não sabia mais o que fazer. Então um dia, ele teve uma ideia.
- Que ideia?
- Fazer uma boneca de piche. Foi à cozinha e, depois de preparar o piche e fazer o molde de uma boneca de palha de madeira - com braços e pernas abertas -, derramou o piche por cima dela. Levou-a, cuidadosamente, e a colocou na frente do bananeiro e em seguida, pôs uma cesta com muitas bananas a sua frente. Preso a cesta, pregou um cartaz bem chamativo dizendo: "BANANAS GRÁTIS".
Passada uma semana, Tunico foi roubar de novo. Não demora muito para ele ver a boneca e, pensando ser uma moça distribuindo bananas, a pergunta:
- Moça, você pode me dar todas as bananas?
Um silêncio fica no ar.
Ele pergunta segunda vez, nada.
Na terceira vez, Tunico, já bravo, coloca a pata na boneca e o piche começa a grudar. Meu primo tentava tirar, mas quanto mais ele puxava, mais o piche grudava, tanto que em alguns minutos, ele já parecia um gorila coberto de piche.
- O que houve com ele depois?
- Não se sabe ao certo... alguns dizem que ele ficou preso no piche para sempre e virou um espantalho para assustar os macacos ladrões. Por isso, como meu finado pai sempre dizia: tudo na vida tem uma consequência. 
Meu primo roubou as bananas e pagou o pato.
Agradecimentos!

  

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

SESSÃO NOVOS TALENTOS - FRANCIELE DIAS

Olá pessoal que acompanha este blog! Fazia tempo que não postava nada na SESSÃO NOVOS TALENTOS, não é? Estavam com saudades? rs 
Hoje na sessão teremos o conto infantil de Franciele Ferreira Dias, de 19 anos e natural Bom de Jesus de Goiás. Ela gosta de ler vários gêneros, mas o seu preferido é o romance policial, principalmente os de Harlan Coben. Na escrita, Fran - como gosta de ser chamada pelos amigos - cria frases, poemas e anseia o projeto do seu primeiro livro.
Bom... com vocês: FRANCIELE DIAS!!!! 

"Conto de Arthur 

Arthur tinha nove anos, tinha um quarto só seu e muitos livros para ler. Era muito amado por seus pais. E mais, ainda tinha seu amigão Bivo, que era seu cachorro. Arthur era muito inteligente e feliz.
Até que a mamãe de Arthur descobriu que estava grávida e logo teria um bebê. Mas ele teve medo de perder o amor de seus pais, até porque Arthur era adotado e não nasceu da barriga da mamãe. Porém nada havia mudado, além de que a barriga da mamãe só ficava maior, porém seus pensamentos ficavam à mil e ficava falando com Bivo:
- Mas Bivo, será que serei mandado de volta para a casa de crianças sem pais?
Bivo latiu.
- Au Au.
Arthur contestava:
- Será que eles me amam mesmo?
Bivo uivava:
- Auuuuuh.
E Arthur repensava:
- Você está certo, é melhor esperar e ver o que vai acontecer.
Só que nesse dia a mamãe de Arthur ouviu essa conversa com Bivo. E como sempre antes de dormir, ela lia histórias para ele. Mas nessa noite ela decidiu conversar sobre o bebê. E falou:
- Meu amor, você tem medo de perder seu lugar nos nossos corações?
Com vergonha e corado, respondeu:
- Tenho medo de voltar para aquele lugar. Lá era triste, não tinha amor e eu chorava muito.
Mas a mamãe o abraçou e disse:
- Você nunca mais voltará àquele lugar. Você é nosso filho, é nosso primeiro amor e nunca o trocaremos. Esse bebê será seu amado irmãozinho.
Arthur retrucou:
- E se o bebê não gostar de mim?
Ela riu e respondeu:
- Irá gostar, porque você é o irmão mais velho e afinal, todos os irmãos amam seus irmãos.
E ele disse:
- Acho que seremos muito felizes e vou ensinar tudo o que eu sei. Eu te amo mamãe.
A mamãe o beijou e lhe disse que também o amava. Assim ele adormeceu, antes mesmo da história.
Arthur acordou disposto e feliz. Correu para o quarto da mamãe, para ver sua barriga. A titia Carla veio pelo corredor e disse que o bebê estava à caminho. Arthur ficou mais feliz ainda e ficou ansioso o dia todo. Leu livros e brincou muito com Bivo, imaginando como o bebê seria, estava sempre a olhar na janela.
Enfim, o bebê chegou e adivinha? Era uma menina linda, que se chamava Joana. Arthur logo quis brincar, porém ela era muito pequenina. E a mamãe explicou que ela teria que crescer mais, para que os dois pudessem brincar, mas mesmo assim o deixou ler uma história para Joana dormir. E assim virou sua rotina de todas as noites. Ela sempre o olhava com os olhos arregalados, sorria  e Arthur gargalhava de felicidade.
Desse dia em diante, Joana só crescia e Arthur a ensinava tudo o que sabia, desde andar a falar.
Arthur viu que o amor da família é nosso bem maior e que nunca se acaba. Arthur é um menino de sorte e muito feliz.

FIM

                    

sábado, 20 de fevereiro de 2016

OBRIGADO GENTE!!!!!!

Olá meus queridos amigos e acompanhantes desse singelo blog: AS FACES DO GUERREIRO DA PAZ, tinha que passar aqui para agradecer vocês. Por que? Vocês me questionam.
Hoje abro o blog e vejo que bati o recorde de visualizações: - 111, até o prezado momento - em quase cinco anos de blog. :)
Quando tive a iniciativa de começar este blog, ideia da minha prima, não imaginava que um canal que apenas mostrasse os meus escritos apresentasse tantas visualizações. Ele começou timidamente em 2011, teve um hiato em 2014 e voltou bombando ano passado. Esse ano com novo designer tem mostrado uma crescente muito legal com algumas sessões como a de NOVOS TALENTOS, CONHECENDO COISAS ou simplesmente as bonitas mensagens que posto ou continuando a postar meus poemas, novas histórias e coisas sobre o LAÇOS DE CASAMENTO.
Por isso, gente, obrigado por você tirar um tempinho da sua vida corrida e dar uma olhada aqui! Vocês não sabem como isso é importante para mim e me dá ânimo para continuar com esse blog.

Adoro vocês!!! S2
  

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

LAÇOS DE CASAMENTO - BRINDE

Olá amigos-leitores e apreciadores do blog AS FACES DO GUERREIRO DA PAZ! Tem novidade para vocês! Além da promoção anterior dos quatro livros, agora quem adquirir o LAÇOS DE CASAMENTO ganha esse lindo adesivo das fotos abaixo.
Para quem quiser o meu livro autografado, junto a quatro livros de grandes autores e um lindo adesivo vou deixar meus contatos aqui:
Facebook: https://www.facebook.com/igor.monteiro.148
Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/536303ED545380
Whatszapp: (12) 991545109








MENSAGEM DE DEUS

PEGADAS NA AREIA

Um dia eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e no céu passavam cenas da minha vida. Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiantes da minha vida, Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao meu Senhor:
- Senhor; tu não me disseste que, tendo eu resolvido te seguir, tu andarias sempre comigo, em todo o caminho? Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver; havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste sozinho.
O Senhor me respondeu:
- Meu querido filho. Jamais te deixaria nas horas da prova e do sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exatamente aí que te carreguei nos braços.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

POEMA

"As plantas sofrem como nós sofremos.
Por que não sofreriam
se esta é a chave da unidade do mundo?

A flor sofre, tocada
por mão inconsciente.
Há uma queixa abafada
em sua docilidade..."

(Trecho de "Unidade", de Carlos Drummond, 1996)


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

MENSAGEM DE AMIZADE

"RODA DE AMIZADE"

Só amarrados uns aos outros,
É que escalamos certas montanhas.
Ninguém pode vencer sozinho.
Só seremos de fato felizes,
Quando formarmos uma perfeita amizade.
A verdade, é que ninguém se sente feliz sozinho.
É preciso ter amigos;
É preciso fazer amigos;
É preciso ser amigo.
A amizade é uma ponte encantada,
A unir as pessoas como elos de uma corrente.
A plenitude da vida a temos, 
Quando vivemos pelo o outro.
A plenitude da vida a temos, 
Quando vivemos para o outro.
A plenitude da vida a temos,
Quando vivemos como o outro.
Já dizia o autor de "O Pequeno Príncipe", Saint Exupery,
Ser a tarefa de unir o homem, a mais bela tarefa humana.
Vamos construir um mundo novo, só de amigos...
E, o primeiro passo é sair do nosso egoísmo e ir
ao encontro do outro.

(Fabiana Vieira)

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

MENSAGEM DE DEUS

ORAÇÃO DO PODER

Deus, senhor de toda força e poder, dá-me hoje a segurança de teu amor e a certeza de que estás comigo. Peço ajuda e proteção nesta hora tão difícil de minha vida. Preciso de tua assistência, de teu amor e da tua misericórdia.
Tira de mim o medo, tira de mim está dúvida, esclarecendo o meu espírito abatido com a luz que iluminou o teu divino filho aqui na terra. Que eu possa perceber toda a tua grandeza e a tua presença em mim, soprando o teu espírito dentro de mim, para que eu me sinta fortalecido com a tua presença em minha vida, hora por hora, minuto por minuto, que eu sinta o teu espírito e a tua voz dentro de mim ao meu redor, em minhas decisões e no decorrer deste dia. Que eu sinta o teu maravilhoso poder pela oração e, com esse poder espero pelos milagres que podes realizar em favor dos meus problemas.
Não me deixe e não me abandones, para que eu não caia no desespero e nem perca a fé em Ti.
Pai, não me deixes cair, levanta meu espírito, quando me encontrar abatido.
Entrego a ti neste dia a minha vida e da minha família. Livra-me de minhas moléstias, ainda que seja por milagre, obrigado Meu Mestre, meu Senhor, meu Irmão e meu Amigo, sei que vais me dar a solução de que tanto preciso e desejo.

Amém

domingo, 7 de fevereiro de 2016

AVALIANDO COISAS - POLLYANA

POLLYANA
Eleanor H. Porter
1978

SINOPSE: Pollyanna é uma doce menina, que, após perder o pai e ficar órfã aos 11 anos, vai morar com a sua rica tia Polly. Por causa da amargura da mesma e do “jogo do contente” da menina, essa convivência, aparentemente impossível, vai transformar a vida de ambas e de todos à sua volta. 
OPINIÃO: Pollyana – ou Pollyana, Menina em algumas edições mais antigas – mostra uma intemporalidade e universalidade atípica nos livros clássicos, onde qualquer faixa etária pode lê-lo e sua história é atemporal, quero dizer, pode acontecer em qualquer geração ou tempo. Apesar do vocabulário um pouco complexo, a história, mesmo sendo simples, te prende até o final com muitas reviravoltas surpreendendo o leitor. A descrição é escassa na obra, pois tudo é descrito pelos olhos da protagonista do título ou pelas personagens, uma coisa diferente e de incrível criatividade da autora, pois a narração é em 3ª pessoa. Falando nisso, as personagens são excelentes, cada um com seu defeito ou qualidade, mas dou destaque especial para a menina/protagonista, pois você se apaixona pelo jeito contente dela de levar a vida. Voltando a falar sobre tempo cronológico no livro, isso não é especificado claramente, mas através de elementos descritivos, como “barrica de missionário”, o leitor sabe que a época da história é antiga. Mesmo assim, recomendo-o!

NOTA: 9,5


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

LAÇOS DE CASAMENTO - SINOPSE

Desde que lancei o livro "LAÇOS DE CASAMENTO" há cinco meses, ainda existem pessoas que não sabem do que se trata o meu livro. Já ouvi muitas pessoas torcerem o nariz por causa do CASAMENTO no nome, também por isso dizerem que o livro se trata de uma auto-ajuda... por incrível que pareça, uma pessoa perguntou se era psicografado (nada contra os espíritas), meu livro até foi confundido com um anunciante para casamentos.
Por este motivo, resolvi definir o livro que escrevi com tanto carinho e dedicação. Ele é um romance romântico de gênero infanto-juvenil, com um toque de mistério, romance, comédia e família. Que tem a seguinte sinopse:

"Eduardo, um garoto depressivo e tímido, que tem um relacionamento difícil com o pai, um feirante gente boa, mas linha dura com o filho. Diferente do pai, o rapaz se dá tão bem com a mãe, uma dedicada e amorosa professora do primário, que até pareciam irmãos, ao invés de mãe e filho.
Eduardo detestava casamentos, os considerava fúteis e mentirosos, porém, como era menor de idade, se via obrigado a ir a todos eles. Em uma dessas cerimônias, conhece Bella, uma moça da mesma idade que ele, divertida e misteriosa, que pouco revelava sobre sua vida.
Apesar da timidez de Eduardo em relação a beleza dela, os dois decidem ser amigos e começam a se encontrar nos casamentos em que Eduardo é obrigado a ir, Com ela, o rapaz volta a sorrir e melhora a aparência, uma vez que só usava roupa preta e conservava uma franja horrível."

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

ALGUÉM QUE TE INSPIRA...

Todo mundo já teve alguém que lhe inspirasse de inúmeras formas. Esse que vos escreve já teve muitos que o fizeram se inspirar, tanto como exemplo ou por causa de paixão. Uma vez, morava em uma pequena cidade do interior de SP e lá, havia apenas um ponto de ônibus, Sentei-me lá para ir para a próxima cidade que fazia fronteira para ir a escola e uma bela moça sentara-se ao meu lado. A beleza dela era tanto que me inspirei a escrever este poema abaixo. Mas, depois de entrarmos no ônibus, nunca mais nos vimos.

VALENTINE

Valentine, Valentine...
meu amor!
Com você ao meu lado
não sentirei mais dor.

Valentine,
você é a minha deusa.
Morro com seu olhar
azul-turquesa.

Valentine,
minha bela.
Não suporto que os homens
te chamem de fera.

Valentine,
minha formosa.
Seu aroma é bom
como o de uma rosa.

Valentine,
o beijo que você me der
fará o meu coração aprender
a amar você.

Valentine,
minha inspiração
que fez respirar o meu coração.

Grito o seu nome para o mundo,
mesmo que eu seja mudo.
Você é a minha prostituta
que faz o meu corpo voar
como uma pedra atirada de uma catapulta.

Só resta meu coração dizer:
Valentine, Valentine!
Amo você até morrer!